Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 23 de abril de 2017

Preocupação: Em 30 dias, número de açudes críticos no Rio Grande do Norte sobe para 61,6%


A queda no volume de chuvas no interior do Rio Grande do Norte manteve crítica a situação volumétrica dos principais reservatórios do Estado. De acordo com o Relatório de Situação Volumétrica, divulgado pelo Instituto de Gestão das Águas (Igarn, em um mês, o número de açudes considerados em volume morto subiu de 15 para 18.

Atualmente, 61,6% dos 47 reservatórios com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos monitorados pelo Igarn estão em situação crítica, entre seco e em volume morto. Na primeira quinzena de março, em levantamento semelhante, esse percentual era de 57%. O relatório atual mostra que, no caso da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, o volume de água subiu pouco mais de 74 milhões de metros cúbicos desde 13 de março, chegando a 19% de sua capacidade total.

Já a Barragem Santa Cruz do Apodi teve uma redução mínima, passando de 136,053 milhões de metros cúbicos para 133,719 m³, permanecendo na casa dos 22% de capacidade total. A Barragem de Umari, que não atende ao consumo humano e teve suas comportas fechadas para aumento das reservas hídricas do Estado, também aumentou de volume, passado dos 46,828 m³, no relatório de 13 de março, para atuais 57,419 milhões de metros cúbicos, 19,61% da sua capacidade total.

Importantes reservatórios da região Seridó como o Itans, em Caicó, e o Marechal Dutra (Gargalheiras), em Acari, receberam pequeno volume de água após as chuvas, entretanto permanecem com volumes inferiores a 2% de suas capacidades.

Volumes das Lagoas

A Lagoa de Extremoz continua aumentando de volume após as últimas chuvas e o início do rodízio realizado pela Companhia de Águas e Esgotos (Caern) em meados de fevereiro. Atualmente, a lagoa está com 6,008 milhões de metros cúbicos, 54% de sua capacidade. No relatório de 13 de março a porcentagem correspondia a 50,52%.

Já a Lagoa do Bonfim, responsável por parte do abastecimento da Adutora Monsenhor Expedito, está com 43,459 milhões de metros cúbicos, 51,57% da sua capacidade total. A Lagoa do Jiqui, que abastece parte da zona sul de Natal está com 97,18% de sua capacidade e a Lagoa de Pium responsável pelo abastecimento de Parnamirim está com 95,80% da sua capacidade total.

Fonte: AGORA RN

Quem não votou nas últimas eleições deve regularizar situação até 2 de maio


Até o dia 2 de maio, o eleitor que não votou e não justificou a ausência nas três últimas eleições ou não pagou as multas correspondentes deve regularizar sua situação perante a Justiça Eleitoral. Após esse prazo, essas pessoas correm o risco de ter o título cancelado, lembrando que a legislação considera cada turno de votação um pleito diferente para efeito de cancelamento.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em todo o país, mais de 1,8 milhão de eleitores estão com seus títulos irregulares por ausência nas três últimas eleições. Em São Paulo (SP), esse número chega a 118.837 eleitores; no Rio de Janeiro (RJ) o total é de 119.734; em Belo Horizonte (MG) são 26.570; em Salvador (BA) esse número é de 31.263; e em Porto Alegre (RS), 18.782.

O cancelamento automático dos títulos de eleitores ocorrerá entre 17 a 19 de maio de 2017.

Os eleitores com voto facultativo (analfabetos, eleitores de 16 a 18 anos incompletos e maiores de 70 anos) ou com deficiência previamente informada à Justiça Eleitoral não necessitam comparecer ao cartório para regularizar a sua situação.

Para fazer a regularização, no cartório eleitoral, o eleitor deverá apresentar documento oficial com foto, comprovante de residência e, se possuir, título eleitoral e os comprovantes de votação, de justificativa ou de quitação de multa.

O cidadão pode consultar sua situação perante a Justiça Eleitoral nos cartórios eleitorais, no site do TSE ou no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do estado. Pode ainda ir ao cartório eleitoral e solicitar essa informação.

Fonte; Agencia Brasil EBC

Emprego: Brasil fecha 63.624 vagas formais em março, aponta Caged


O Brasil perdeu 63.624 vagas formais de trabalho em março, voltando ao vermelho após resultado positivo de fevereiro, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado pelo Ministério do Trabalho nesta quinta-feira.

A performance no mês frustrou expectativas que haviam sido divulgadas pelo próprio ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, de abertura de postos no mês passado, apontando ainda que o varejo deveria ser beneficiado pela liberação do saque das contas inativas do FGTS.

Em março, no entanto, o comércio respondendo pelo maior fechamento de vagas dentre todos os setores, com menos 33.909 vagas. Também ficaram no vermelho os setores de serviços (-17.086 postos), construção civil (-9.059), indústria de transformação (-3.499) e agricultura (-3.471).

No primeiro trimestre, foram fechadas 64.378 vagas, contra saldo negativo de 303.432 de igual etapa de 2016. No acumulado em 12 meses, a perda líquida foi a 1,090 milhão de vagas.

Em fevereiro, o país havia registrado abertura líquida de pouco menos de 36 mil vagas formais de emprego depois de 22 meses seguidos de perdas, número divulgado pelo próprio presidente Michel Temer numa tentativa de ressaltar que a economia brasileira dava sinais de recuperação.

A forte deterioração do mercado de trabalho ocorre no rescaldo da profunda recessão econômica pela qual passou o Brasil nos últimos dois anos.

Ainda que o país comece a dar sinais de recuperação, a retomada das contratações pode demorar, uma vez que as empresas têm capacidade ociosa a preencher primeiro.

Segundo dados mais recentes divulgados pelo IBGE, a taxa de desemprego no Brasil subiu para novo recorde de 13,2 por cento no trimestre encerrado em fevereiro, reflexo do aumento da procura por vagas e do corte de postos.

Fonte: Agencia Reuters

sábado, 22 de abril de 2017

ABC vence o Globo em Ceará-Mirim e fica a um passo do título estadual


ABC ABRE VANTAGEM

O ABC está a um empate do 54º título do Campeonato Potiguar. Jogando fora de casa, no Barretão, o Alvinegro bateu o Globo FC por 1 a 0 na noite deste sábado e agora decide no Frasqueirão, no dia 1º de maio. O gol da vitória foi marcado pelo paraguaio Echeverría, no segundo tempo. O placar poderia ter sido mais elástico, já que o Alvinegro desperdiçou inúmeras oportunidades após sair na frente.

Fonte: GERN

Temer diz que confiança na economia voltou


O presidente Michel Temer afirmou hoje (22), em artigo publicado no jornal espanhol El País, que a confiança na economia brasileira voltou. Ele pediu ainda que os empresários espanhóis aproveitem oportunidades de investimento no Brasil.

O artigo foi publicado às vésperas da visita do primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, ao Brasil. Rajoy estará em Brasília na segunda-feira (24) “A confiança [na economia] voltou. Queremos, como em outras ocasiões, que a Espanha se una ao Brasil nesse momento de recuperação e aproveite as muitas oportunidades que se apresentam”, escreveu Temer.

Temer destacou a grande presença de investidores espanhóis no Brasil e afirmou que a visita de Rajoy ajudará a estreitar as relações entre os dois países.“Este é o momento de renovar essa colaboração. É o que faremos na próxima segunda-feira.O primeiro-ministro Rajoy irá encontrar um Brasil em transformação. Um Brasil que enfrenta seus desafios com seriedade e com energia”, acrescentou o presidente.

Durante a visita de Estado também estão previstos encontros com empresários espanhóis, nos quais o governo apresentará oportunidades de investimento no Brasil. Segundo informações do Blog do Planalto, em 2016 o fluxo de comércio do Brasil com a Espanha somou US$ 5,2 bilhões.

Reformular o país

Já em entrevista a agência EFE, Temer disse que quer ser lembrado como "alguém que reformulou o país" após a crise e "permitiu que os novos governos encontrem um país mais tranquilizado".

O presidente disse ainda que seu principal objetivo é tirar a economia brasileira do grave quadro de recessão em que se encontra há dois anos, com medidas que exigem "duras", "profundas" e impopulares reformas.

Fonte; Agencia Brasil EBC

Expectativa: Acordo judicial prevê edital para concurso da Saúde em 90 dias em Natal


A medida foi firmada em audiência judicial com o Município na 4ª Vara da Fazenda Pública de Natal. O juiz Cícero Macedo homologou por decisão judicial o acordo celebrado perante as promotoras de Justiça da Saúde da Comarca de Natal, Elaine Cardoso e Kalina Filgueira, representantes do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN).

A ação envolve Execução de Obrigação de Fazer de Termo de Ajustamento de Conduta firmado com o Município de Natal objetivando a realização do concurso público para servidores da saúde, pois, embora tenha sido realizado o concurso ano passado, este foi anulado por problemas durante sua execução, e precisa ser efetivamente viabilizado.

O prazo de 90 dias começará a contar a partir do próximo 1º de maio. O acordo firmado ainda prevê que as provas do concurso mencionado sejam realizadas, preferencialmente, até o final do mês de setembro deste ano.

Nesse período o processo ficará suspenso e o Município de Natal deverá adotar as providências necessárias para cumprimento dos pontos definidos em audiência. Na oportunidade, uma próxima audiência já ficou aprazada para 27 de julho de 2017, na qual será analisada eventual necessidade de prorrogação dos contratos temporários vigentes e a quantidade de vagas remanescentes na área da Saúde. O acordo desta quinta-feira já incluiu a intimação do Município e do MPRN para esta audiência aprazada.

Assinaram o acordo homologado judicialmente representando o Município, os procuradores de Natal, Aurino Lopes e Fernando Gaburri, as secretárias adjuntas da Saúde, Maria da Saudade Azevedo e Terezinha Guedes, a diretora do Departamento de Pessoas da Secretaria de Saúde, Isabelle Cocentino, presidente da Comissão do Concurso da Área da Saúde e servidora, Leila Carolina Carvalho e a secretária de Administração, Adamires França.

Fonte: AGORA RN

Município de Senador Elói de Souza contrata médico especialista em psiquiatria


Dando continuidade às inovações na área de Saúde Pública, o governo Grimalde Ferreira, através da Secretaria Municipal de Saúde, contratou o médico Jasso Santos, especialista em psiquiatria. O atendimento do profissional será mensal e objetiva facilitar as consultas de pacientes que apresentem necessidade de acompanhamento nessa área e que antes tinham de se deslocar para outros centros, além da demora por vagas para as consultas.

Fonte: Blog do Carlos