Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Daniele Marion é a nova Miss RN 2016.


A representante de Mossoró, Daniele Marion, 25 anos, advogada, é a nova Miss RN 2016. Manoela Banhos de Natal ficou com a segunda colocação e Aysla Góis representante de Macaíba em terceiro.



A candidata de Jucurutu, Maria Anna, foi eleita a Miss Be Emotion 2016 e recebeu a faixa do cabeleireiro Talysson Salvino.




Primeira parcela do 13º salário começa a ser paga hoje a beneficiários do INSS


Os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebem um salário mínimo e têm cartão com final 1, desconsiderando-se o dígito, começam a receber hoje (25) a primeira parcela do décimo terceiro salário.

Tem direito ao décimo terceiro quem recebeu, durante o ano, benefício previdenciário como aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade.

Os pagamentos serão feitos até o dia 8 de setembro. A segunda parcela será paga em novembro.

Os beneficiários do INSS chegaram a ter a antecipação do benefício ameaçada pelo ajuste fiscal, mas após negociações com centrais sindicais e associações de aposentados e pensionistas, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, anunciou, no fim de junho, que o adiantamento estaria garantido.

A antecipação de 50% do décimo terceiro salário aos beneficiários do INSS é feita desde 2006.

Fonte: Agencia Brasil EBC

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

SPC: 46% de inadimplentes não têm como pagar dívidas nos próximos 3 meses


Quase a metade (46%) dos inadimplentes não têm condições de pagar as dívidas em atraso nos próximos três meses, segundo o Perfil do Inadimplente Brasileiro, divulgado hoje (24). O levantamento elaborado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostrou ainda que a perda do emprego é a principal razão para deixar de pagar as contas atrasadas, indicada por 28,2% dos consumidores.

Em seguida, vem a diminuição da renda, apontada como motivo do não pagamento por 14,8%, e a falta de controle financeiro, para 9,6%.

De acordo com a pesquisa, 61,2% dos entrevistados acreditam que a situação financeira pessoal piorou em comparação com o ano passado. Para 24,4%, as dívidas são o principal motivo desta piora, enquanto 16,4% atribuem o agravamento dos problemas financeiros ao desemprego e 20,4% à queda na renda. O valor médio das dívidas é de R$ 3,5 mil.

A maioria dos devedores deixou de pagar parcelas de empréstimos bancários ou com financeiras (89,6%), prestações de cartões de loja (83,6%), dívidas contraídas no cartão de crédito (74,9%) e contas no crediário (68,7%).

Fonte: Agencia Brasil EBC

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Miss RN será eleita nesta Quinta(25) Conheça as Candidatas ao Título


A mulher mais bonita do Rio Grande do Norte de 2016 será conhecida na próxima quinta-feira, dia 25 de agosto. Este ano, a disputa das candidatas a Miss RN será no palco do Teatro Riachuelo em um evento que promete muitas novidades. O evento acontece a partir das 20h. "Será um evento completamente diferente dos anteriores, a começar do local até as atrações que encantarão o público", afirma o organizador do evento, o jornalista e consultor de moda George Azevedo. 

O Miss RN 2016 é um evento exclusivo do Grupo Bandeirantes, coordenado pela B Emotion. Contará com a apresentação da jornalista Juliana Celli e do cerimonialista, Markus Guedes, além disso, a cantora Nanda Lynn e a banda Sax in the house participarão do show de beleza e emoção. Na semana do concurso, as meninas terão uma programação repleta de atividades. 

As representantes dos 26 municípios chegam a Natal neste sábado, dia 20 de agosto, onde já ficarão hospedadas no hotel e-suítes Vila do Mar, localizado na Via Costeira. No local, serão realizadas até o dia do concurso atividades de preparação para a disputa.

O concurso terá o tradicional desfile de abertura com a assinatura da grife Estrela Viva, além da moda praia da Matersol e o traje de gala com vestidos da loja Guilhermina.

Os ingressos do evento estão sendo vendidos na bilheteria do teatro ao preço de 50 reais e será transmitido pela TV.

Conheça as candidatas:

Miss Angicos – Geovania Campelo – 26 anos e 1.76


Miss Apodi – Renata Alves – 20 anos e 1,76


Miss Areia Branca – Stefanny Maia – 18 anos e 1,68


Miss Assú – Juliana Miranda – 19 anos e 1,72


Miss Caicó – Lissa Lopes – 21 anos e 1,70


Miss Ceará Mirim – Malu Ferreira – 18 anos e 1,72


Miss Currais Novos – Jussara Araújo – 18 anos e 1,70


  
Miss Jardim de Piranhas – Helen Jotce – 23 anos e 1,75


Miss Jardim do Seridó – Sara Góis – 18 anos e 1.73


Miss Jucurutu – Maria Anna – 18 anos e 1,68


Miss Macaíba – Aysla Góis – 18 anos e 1,82


Miss Martins – Bruna Fernandes – 23 anos e 1,74


Miss Mossoró – Danielle Marion – 25 anos e 1,80


Miss Natal – Manuela Banhos – 21 anos e 1,76


Miss Nísia Floresta – Madu Morais – 18 anos e 1,78


Miss Nova Cruz – Michelly Maia – 18 anos e 1,71


Miss Parnamirim – Rafaela Calaça – 19 anos e 1,76


Miss Pureza – Bruna Costa – 19 anos e 1,72


Miss Rio do Fogo – Luyza Barbosa – 19 anos e 1,74


Miss São Gonçalo – Thairrane Sena – 20 anos e 1,76


Miss São José de Mipibu – Elis Mayara – 24 anos e 1,72


Miss São Miguel do Gostoso – Marilia Vitaliano – 21 anos e 1,71


Miss Taipu – Claúdia – 23 anos e 1,72


Miss Tenente Laurentino – Paula Lima – 22 anos e 1,80


Miss Touros – Lorena Santiago – 18 anos e 1,72


Miss Várzea – Aline Ferras – 20 anos e 1,76


Do Portal Novo Jornal
Foto: Elias Medeiros
http://novojornal.jor.br/cotidiano/miss-rn-sera-eleita-essa-semana-confira-as-candidatas

E Neste Sábado(27) a Galera vai curtir a Festa dos Pais no Balneário Bom Jesus


É Sábado a 15ª Tradicional Cavalgada dos Pais de Bom Jesus-RN


Brasil quer ficar em 5º lugar na Paralimpíada; veja as chances de medalhas


Os Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro começam no dia 7 de setembro, e os atletas brasileiros têm chances de ganhar medalhas em várias categorias. O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) espera que o Brasil chegue em 5º lugar no quadro de medalhas, com desempenho melhor do que em Londres, em 2012, quando ficou em 7º lugar, com 43 medalhas no total (21 de ouro, 14 de prata e oito de bronze).

Modalidade em que o Brasil conquistou mais medalhas até hoje, o atletismo é candidato a garantir vários lugares no pódio durante os jogos do Rio e terá papel fundamental para o bom desempenho do país na classificação geral. A expectativa do CPB é ganhar entre 11 e 14 medalhas de ouro na competição. Desde 1984, o Brasil já ganhou 109 medalhas pelo atletismo em Jogos Paralímpicos, sendo que 32 foram de ouro, 47 de prata e 30 de bronze. Os multimedalhistas Terezinha Guilhermina e Lucas Prado poderão subir ao pódio mais de uma vez, mas a modalidade também tem outros destaques, como Yohansson do Nascimento, ouro nos 200m e prata nos 400m em Londres. Neste ano, a delegação brasileira chega com 61 atletas para competir no atletismo.

Na natação, o Brasil também tem tradição de se destacar nos Jogos Paralímpicos. Daniel Dias, que é o maior medalhista do país, com 15 conquistas, poderá ganhar mais de uma medalha no Rio de Janeiro. Ele fez a preparação para os jogos em Sierra Nevada, na Espanha, para treinar em altitude e melhorar o desempenho na competição. Outros destaques são Clodoaldo Silva, que participa de Paralimpíadas desde 2000 e já acumula 13 medalhas, e André Brasil, que desde 2008 tem dez medalhas paralímpicas. No total, o Brasil já conquistou 83 medalhas na natação em Jogos Paralímpicos, sendo 28 de ouro, 27 de prata e 28 de bronze. É a segunda modalidade que mais medalhas deu ao Brasil na Paralimpíada, atrás apenas do atletismo.

Modalidade tricampeã paralímpica, o futebol de 5, praticado por atletas cegos, também tem grande chance de conquistar uma medalha no Rio. Os brasileiros conquistaram medalhas de ouro na modalidade em Atenas (2004), em Pequim (2008) e em Londres (2012). Além disso, o futebol de 5 é tetracampeão mundial e não perdeu nenhum campeonato desde 2006. “O futebol hoje seria a maior barbada no esporte de cegos”, diz o presidente da Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV), Sandro Laina.

Outro esporte com grande chance de subir ao pódio é o goalball, desenvolvido exclusivamente para pessoas com deficiência visual. Tanto a categoria masculina quanto a feminina ganharam medalhas de ouro nos jogos Parapan-Americanos do ano passado, em Toronto. Em Londres, o goalball masculino ficou com uma medalha de prata. “Acho que o goalball masculino vai chegar muito forte em busca da medalha de ouro, que nos escapou por muito pouco em Londres”, estima o presidente da CBDV.

No judô, também praticado por deficientes visuais, os atletas brasileiros estarão disputando em 12 categorias, e a expectativa é de que possam conquistar de duas a três medalhas. O principal brasileiro da modalidade é Antônio Tenório, responsável pela primeira medalha de ouro brasileira, em Atlanta (1996). No total, o judô já rendeu ao Brasil 18 medalhas na história dos jogos, sendo quatro ouros (todos conquistados por Antônio Tenório), cinco pratas e nove bronzes. Na Olimpíada de Londres, em 2012, o judô conquistou uma medalha de prata e três de bronze.

Neste ano, o Brasil terá a maior delegação da história em Jogos Paralímpicos: serão 279 atletas, sendo 181 homens e 98 mulheres, além de 23 acompanhantes (atletas-guia, calheiros e goleiros) e 195 profissionais técnicos, administrativos e de saúde. Ao todo, 44 atletas de 11 modalidades já subiram ao pódio em paralimpíadas anteriores.

Em Londres, a maioria das medalhas conquistadas (18) foi no atletismo, com sete de ouro, oito de prata e três de bronze. A natação rendeu 14 medalhas aos brasileiros: nove de ouro, quatro de prata e uma de bronze. Nossos atletas também ganharam medalhas na bocha (4), no judô (4), na esgrima (1), no goalball (1) e no futebol de 5 (1). No ano passado, nos jogos Parapan-Americanos de Toronto, o Brasil ficou em primeiro lugar no quadro de medalhas, com 257 no total, sendo 109 de ouro, 74 de prata e 74 de bronze.

Os Jogos Paralímpicos 2016 serão transmitidos pela TV Brasil, em parceria com emissoras da Rede Pública de Televisão dos estados. O evento, que acontece de 7 a 18 de setembro, terá a presença de 4.350 atletas de 178 países, competindo em 22 modalidades.

Fonte: Agencia Brasil EBC