Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Anatel deverá bloquear celulares sem certificação


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) poderá bloquear os celulares que não tenham certificação. A proposta apresentada pela área técnica da Anatel já foi aprovada em reunião administrativa da agência, mas deve passar pelo Conselho Diretor e ainda pode sofrer mudanças.

Antes de bloquear os celulares, as operadoras deverão avisar os clientes que têm aparelhos não regularizados e, somente, após 75 dias poderão bloqueá-los. A previsão é de que as empresas comecem a mandar mensagens com avisos para os usuários a partir do dia 30 de julho, mas pode haver um adiamento no início da implantação do sistema.

Segundo a Anatel, serão bloqueados os celulares que não tenham certificação da agência e Imei válidos. O Imei é uma sequência de números que identifica o celular internacionalmente e são listados no banco de dados da GSMA, organismo internacional que reúne as empresas de telefonia móvel. Ele equivale ao número do chassi dos carros. Os aparelhos sujeitos ao bloqueio são principalmente os vendidos irregularmente no mercado nacional.

O projeto do bloqueio de celulares e sua forma de implantação vem sendo estudados pela Anatel em conjunto com as operadoras de telefonia móvel e a Associação Brasileira da Indústria Eletro e Eletrônica (Abinee).

Fonte: Agencia Brasil EBC

Audiência pública para elaboração do Plano Plurianual 2018/2021


Foi realizada na manhã desta Sexta-feira, 26 de Maio no Palácio João Ferreira da Silva, localizado na Câmara Municipal de Vereadores a Audiência pública para elaboração do Plano Plurianual 2018/2021- o Plano Plurianual (PPA) e o Orçamento anual (LOA), estabelece a destinação orçamentária a curto e o longo prazo nos gastos municipais em Agricultura, Saúde, Segurança, Educação, Assistência Social, Desenvolvimento Economico e Obras.


Estiveram presentes os Vereadores Rosivaldo Abdias, Naldinho, Profª Zezé Vilela, Leonardo, Chagas, Profª Beta e Josael; e os Secretários Altemar Douglas, Educação, Janiltinho, Obras, Fábio, Controlador Geral, Felipe, Saúde, Gotardo, Industria e Comércio e representando a Assistência Social, Anny Nayne e Agricultura, Edigler. A audiência Pública foi conduzida por Salete Responsável pela Contabilidade do Município.




Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 9 de junho


A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza foi prorrogada até o dia 9 de junho. A previsão inicial do Ministério da Saúde era de que a imunização fosse encerrada hoje (26). A prorrogação, segundo a pasta, tem como objetivo atingir a meta de vacinar 90% do público-alvo (idosos, puérperas, indígenas, crianças, gestantes, professores e trabalhadores de saúde). Até o momento, foram imunizados 63,6% de um total de 54,2 milhões de pessoas.

Balanço do ministério indica que, entre os grupos que integram o público-alvo, os idosos registram a maior cobertura vacinal (72,4%). Em seguida estão puérperas (71,2%) e indígenas (68,6%). Os grupos que menos se vacinaram são crianças (49,9%), gestantes (53,4%), professores (60,2%) e trabalhadores de saúde (64,2%).

Também foram aplicadas 7,1 milhões de doses em pessoas com doenças específicas, privadas de liberdade e em trabalhadores do sistema prisional.

Os estados com a maior cobertura vacinal, até o momento, são Amapá (85,7%), Paraná (78,1%), Santa Catarina (77,7%), Rio Grande do Sul (74%) e Goiás (70,1%). Já os estados com menor cobertura são Roraima (47,9%), Rio de Janeiro (49%), Pará (52,1%), Mato Grosso (55,8%), Rondônia (56,2%), Acre (56,4%) e Mato Grosso do Sul (57,1%).

Entre as regiões do país, o Sul apresenta maio cobertura vacinal, com 76,3%, seguida das regiões Centro-Oeste (63,7%), Nordeste (62,3%); Sudeste (61,2%); e Norte (58,2%).

Público-alvo

A vacina contra a gripe está disponível nos postos de saúde para crianças entre 6 meses e menores de 5 anos, pessoas com 60 anos ou mais (idosos), trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais, além dos professores.

A orientação do ministério é que pessoas com doenças crônicas não transmissíveis ou com deficiências específicas apresentem prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde devem se dirigir aos postos em que estão registrados para receber a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.

Segurança

A vacina disponibilizada pelo governo brasileiro protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial da Saúde para este ano (A-H1N1, A-H3N2 e influenza B). A dose, segundo a pasta, é segura e também é considerada uma das medidas mais eficazes na prevenção de complicações e casos graves de gripe.

Como o organismo leva, em média, de duas a três semanas para criar os anticorpos que geram proteção contra a gripe após a vacinação, o ideal, de acordo com o ministério, é realizar a imunização antes do início do inverno. O período de maior circulação da gripe no Brasil vai do final de maio até agosto.

Fonte: Agencia Brasil EBC

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Vem aí o Melhor São João da Região BOM JOTÃO JUNINO 2017!


BOMJOTÃO JUNINO 2017

De 19 de Junho à 01 de Julho em Bom Jesus-RN

EM BREVE PROGRAMAÇÃO COMPLETA!

Senado aprova MP que permite saques do FGTS


O plenário do Senado aprovou hoie (25) a Medida Provisória (MP) 763/2016, que permite o saque dos recursos das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) sem a carência de três anos exigida pela lei. Como não houve mudanças no texto já aprovado na Câmara, a MP será promulgada, sem necessidade de sanção presidencial.

O relator na comissão mista, senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), destacou a importância de o Senado consagrar a continuidade dos saques do FGTS, que, segundo ele, já beneficiou mais de 15 milhões de trabalhadores e deve injetar, até o final do calendário de saques, mais de R$ 40 bilhões na economia.

“O dinheiro do saldo do FGTS dos trabalhadores já movimentou o mercado varejista, gerando muitos milhares de empregos”, afirmou o senador.

A proposta dá a todo trabalhador que pediu demissão, ou teve o contrato de trabalho encerrado com justa causa até 31 de dezembro de 2015, o direito ao saque das contas inativas de FGTS. Até o último dia 16, a Caixa Econômica Federal pagou R$ 24,4 bilhões aos beneficiários nascidos entre janeiro e agosto.

O valor pago até então equivale a 84,3% do total previsto (R$ 29 bilhões) para as etapas já liberadas.

Com a iniciativa, o Poder Executivo pretende esvaziar o apelo de ações na Justiça que pleiteiam a correção da conta vinculada de cada trabalhador pelo índice da poupança, que paga 6% ao ano.

FONTE: AGENCIA BRASIL EBC

Prefeito Clécio participa de campanha de vacinação contra a febre aftosa


O prefeito de Bom Jesus, Clécio Azevedo, junto com seu secretário de agricultura, Chagas Azevedo e a equipe da Emater, acompanhou de perto a vacinação contra a febre aftosa, no distrito de Lagoa do Mel, localizado a 3km da cidade.

De acordo com o prefeito, essa ação de imunização é muito importante para os criadores de bovinos ou bubalinos. "Interessados, basta procurar a Secretaria de Agricultura do nosso município para garantir a vacinação de até 20 animais", disse o prefeito


O Secretário da Agricultura, Chagas Azevedo explica que essa imunização é obrigatória e que segue o calendário oficial estipulado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Os interessados em receber as vacinas, precisam levar para a Secretaria de Agricultura um isopor com gelo. Todo criador de animal precisa adquirir a vacina e se informar sobre prazo para fazer a declaração, que este ano se encerra no dia 7 de junho.

Governo revoga decreto que autorizava uso das Forças Armadas na Esplanada


O presidente Michel Temer revogou na manhã desta quinta-feira (25) o decreto de ontem que autorizava o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem no Distrito Federal, em especial na Esplanada dos Ministérios. O decreto de revogação foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União.

A revogação foi publicada enquanto o presidente Temer estava reunido no Palácio do Planalto com os ministros Raul Jungmman, da Defesa; Eliseu Padilha, da Casa Civil; Moreira Franco, da Secretaria-Geral da Presidência da República; Antônio Imbassahy, da Secretaria de Governo e com o general Sérgio Etchegoyen, do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República.


Ontem, o objetivo do governo ao autorizar a presença das Forças Armadas em Brasília era de garantir a integridade dos prédios públicos na Esplanada dos Ministérios, bem como a segurança de servidores que lá trabalham, depois que um grupo de cerca de 50 pessoas usando máscaras no rosto promoveu um quebra-quebra em meio à manifestação Ocupa Brasília – contra o governo do presidente Michel Temer e as propostas de reformas apresentadas pelo governo.

O decreto de quarta-feira foi criticado pelo governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg que, em comunicado, se disse “surpreso” com a medida adotada pelo presidente Michel Temer. Na nota, Rollemberg lamentou os episódios de violência que ocorreram durante a manifestação, resultando em depredação do patrimônio público e privado.

GLO

Conhecida como GLO, a Garantira de Lei e da Ordem é regulada pela Constituição Federal e concede provisoriamente aos militares a faculdade de atuar com poder de polícia até o restabelecimento da normalidade.

Na quarta-feira, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pediu a presença da Força Nacional de Segurança na capital. O governo então determinou que tropas federais protegessem os prédios da Esplanada dos Ministérios.

O Palácio do Planalto disse que a decisão do presidente Michel Temer de usar as Forças Armadas foi tomada com base na informação de que não havia policiais da Força Nacional suficientes para atender à solicitação de Maia.

“[...] o Presidente da República, após confirmada a insuficiência dos meios policiais solicitados pelo Presidente da Câmara dos Deputados, decidiu empregar, com base no Artigo 142 da Constituição Federal, efetivos das Forças Armadas com o objetivo de garantir a integridade física das pessoas [...]”, diz um trecho da nota divulgada no início da noite de ontem.

Fonte: AGENCIA BRASIL EBC

Prefeito Clécio Azevedo convida a População para Audiência pública para elaboração do Plano Plurianual 2018/2021


O Sr. Clécio Azevedo, prefeito Municipal de Bom Jesus, convida a todos os munícipes a participarem da Audiência Pública para elaboração do Plano Plurianual 2018/2021- PPA, Lei de Diretrizes Orçamentárias- LDO e a Lei Orçamentária Anual - LOA para o exercício 2018.

Tecnicamente, a LDO é um instrumento de conexão entre o Plano Plurianual (PPA) e o Orçamento anual (LOA), estabelecendo a ligação orçamentária entre o curto e o longo prazo.

A audiência realizar-se-á na sexta-feira, 26 de maio, às 9:00h, nas dependências do Palácio João Ferreira da Silva, localizado na Câmara Municipal de Vereadores.

OAB pede hoje impeachment de Temer


A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) entrega nesta quinta-feira, 25, na Câmara dos Deputados, pedido de impeachment do presidente Michel Temer, assim como fez em 1992, contra Fernando Collor de Mello, e em 2016, com Dilma Rousseff.

A entidade máxima da Advocacia atribui a Temer crime de responsabilidade, em violação ao artigo 85 da Constituição. A denúncia contra o peemedebista será levada à Câmara pelo presidente da Ordem, Claudio Lamachia, acompanhado dos conselheiros e dirigentes das 27 seccionais da OAB.

Por 25 votos a 1, o Conselho da Ordem aprovou, no sábado, 20, relatório da comissão especial que concluiu que â??há indícios suficientes para abertura de processo de impeachmentâ? pela Câmara. O relatório foi apresentado em reunião extraordinária do Conselho Pleno da Ordem, em Brasília, juntamente com o Colégio de Presidentes de Seccionais.

De acordo com o relatório da comissão, Temer teria falhado ao não informar às autoridades competentes a admissão de crime pelo empresário Joesley Batista, dono da JBS, e faltado com o decoro exigido do cargo ao se encontrar com o empresário sem registro da agenda, além de ter prometido agir em favor de interesses particulares.

O presidente da Ordem, Claudio Lamachia, declarou na segunda-feira, 22, que Temer â??jamais deveria ter recebidoâ? no Palácio do Jaburu â??um fanfarrão, um delinquenteâ? - como o próprio presidente da República classifica o executivo Joesley Batista.

â??Não vou receber alguém que, sabidamente para mim, é um deliquente e um fanfarrão numa audiência na Ordem, quiçá na minha casa, na minha residência, na garagem, no porão, seja onde for", disse Lamachia.

O presidente da República foi gravado por Joesley no dia 7 de março deste ano, no Palácio do Jaburu. No diálogo, o empresário confessa ao peemedebista pagar uma mensalidade de R$ 50 mil a um procurador da República em troca de informações de inquéritos de interesse do grupo JBS.

Eles ainda discutem uma suposta compra do silêncio do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), condenado a 15 anos na Operação Lava Jato. Ainda de acordo com a delação da JBS, Temer teria autorizado Joesley a tratar de pendências da J&F, holding que controla a JBS, no governo com seu homem de confiança, Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). Loures foi filmado pela Polícia Federal recebendo uma mala de dinheiro.

Temer confirmou o encontro com Joesley, mas disse que o áudio foi manipulado.

Fonte: Agencia AFP

Com depredação de ministérios e confronto, ato em Brasília reúne 45 mil pessoas


A manifestação Ocupa Brasília, que levou à Esplanada dos Ministérios, no centro da capital do país, pelo menos 45 mil de pessoas de vários estados, teve início de forma pacífica, mas terminou em tumulto e quebra-quebra, com depredação de órgãos públicos, após a ação de vândalos e da atuação da Polícia Militar do Distrito Federal. O ato, promovido por centrais sindicais e movimentos sociais, pediu saída do presidente Michel Temer e a rejeição das reformas previdenciária e trabalhista.

No início da tarde, os manifestantes chegaram à capital federal e se concentravam em frente ao Estádio Mané Garrincha, onde a marcha em direção ao Congresso Nacional teve início. Com cartazes com dizeres como “Diretas Já” e “Mais Direitos”, os manifestantes gritavam palavras de ordem. Líderes sindicais revezaram-se em cima de carros de som que acompanharam a marcha. Os dois sentidos da Esplanada ficaram fechados.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF), 45 mil pessoas participaram do ato. Já a Central Única dos Trabalhadores estimou que 200 mil manifestantes passaram pelo local ao longo do protesto.

Depredação e confronto


Uma grande bandeira verde e amarela foi carregada por várias pessoas. Pouco mais de uma hora depois, com alguns grupos já próximos ao Congresso Nacional, as primeiras provocações começaram. Um grupo de aproximadamente 20 pessoas mascaradas começou a jogar pedras nos policiais que formavam um cordão de isolamento próximo ao gramado em frente ao Congresso e incendiou alguns objetos de plástico que estavam no local.


Como resposta, a tropa de choque da Polícia Militar do Distrito Federal disparou dezenas de bombas de gás lacrimogênio e de efeito moral em direção à multidão.


Parte dos projéteis foi direcionada a dois carros de som que estavam estacionados entre os manifestantes e a tropa de choque. Nos discursos, as lideranças que estavam nos veículos pediam que os policiais identificassem e reagissem apenas contra quem os estava provocando. “Parem de atirar contra todos os trabalhadores”, pediu uma liderança.


Houve corre-corre e os black blocks mascarados começaram o ataque aos ministérios. Vidraças, paradas de ônibus, bicicletas e banheiros químicos foram destruídos. O grupo ainda entrou em confronto com policiais militares próximo ao Ministério da Agricultura. Acuados, dois policiais fizeram disparo de armas de fogo em direção da manifestação. O Corpo de Bombeiros atendeu um manifestante com ferimento à bala.


As sedes de três ministérios foram incendiadas e, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública, houve depredação em oito prédios, incluindo a Catedral Metropolitana de Brasília. Oito manifestantes foram conduzidos pelos militares, por motivos como porte de substância entorpecente, porte de arma branca, resistência e pichação, lesão corporal e desacato.


Pouco antes das 17h, o fluxo maior já era de dispersão. Com o avanço das forças policiais de diferentes pontos, inclusive dos ministérios atingidos, os manifestantes começaram a recuar em direção da rodoviária do Plano Piloto. 


Mais bombas de gás lacrimogêneo foram lançadas em direção à aglomeração de pessoas. Segundo relatos de diferentes manifestantes, os disparos partiram também dos helicópteros da PM, que circulavam em torno da área.

Balanço do governo

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Paz Social, 49 pessoas feridas receberam atendimento médico, sendo oito policiais. O governo do Distrito Federal confirmou o uso de armas de fogo por dois policiais militares e anunciou a abertura de um inquérito para investigar o fato.

Dentre os manifestantes mais gravemente feridos, está um que foi atingido por arma de fogo, na altura da boca e passou por procedimento cirúrgico, e um que teve parte da mão danificada após a bomba que portava explodir antes da hora. Uma bomba explodiu próxima ao pescoço de um policial, que também foi socorrido.

Em entrevista à imprensa após o ato, o secretário de Segurança Pública e Paz Social, Edval Novaes, disse que os policiais atuaram de acordo com as recomendações, seguindo, o Protocolo Tático Integrado, que impede que manifestantes saiam do gramado e se aproximem do Palácio do Planalto. Havia a informação, segundo ele, de que os manifestantes tentariam ocupar o Congresso. Novaes declarou que os eventuais excessos serão analisados caso a caso.

De acordo com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marcos Antônio Nunes de Oliveira, o protocolo prevê que o ponto final dos manifestantes é na Alameda das Bandeiras, em frente ao Palácio do Itamaraty, o que causou descontentamento nos manifestantes. “Pelo menos a metade ali estava disposta a fazer bagunça, praticar danos, ferir as outras pessoas. E uma grande parcela queria, de qualquer forma, invadir o Congresso Nacional. Ficou muito claro nas frases e gritos que ouvimos desde a manhã e não foi permitido”, diz.

Forças Armadas fazem segurança de prédios na Esplanada dos Ministérios


A Esplanada dos Ministérios amanheceu hoje (25) com militares protegendo os prédios públicos. A medida atende decreto do presidente Michel Temer publicado ontem (24) em edição extra do Diário Oficial da União, que “autoriza o emprego da Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no Distrito Federal”. O objetivo da medida é garantir a segurança dos servidores que trabalham nos ministérios e outras autarquias no centro da cidade.

A determinação foi tomada depois que um grupo de cerca de 50 pessoas usando máscaras no rosto promoveu um quebra-quebra em meio à manifestação Ocupa Brasília – contra o governo do presidente Michel Temer e as propostas de reformas apresentadas pelo governo.

O grupo destruiu persianas e vidraças de pelo menos cinco ministérios, entre eles o da Integração Nacional, o do Trabalho e o da Agricultura. Este último havia sido cercado por tapumes, mas, mesmo assim, teve os vidros quebrados. Também foram depredados paradas de ônibus, placas de trânsito, orelhões, holofotes que iluminam os letreiros dos ministérios e até banheiros químicos instalados para a manifestação.

Diante desse cenário, Michel Temer se reúne hoje às 9h com os ministros Raul Jungmman, da Defesa; Eliseu Padilha, da Casa Civil; Moreira Franco, da Secretaria-Geral da Presidência da República; Antônio Imbassahy, da Secretaria de Governo e com o general Sérgio Etchegoyen, do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República.

A atuação militar na esplanada está restrita à área dos prédios dos ministérios e palácios.

GLO

Conhecida como GLO, a Garantira de Lei e da Ordem é regulada pela Constituição Federal e concede provisoriamente aos militares a faculdade de atuar com poder de polícia até o restabelecimento da normalidade.

A decisão do Planalto foi tomada após o acirramento do confronto entre a PM e os manifestantes.

FONTE: AGENCIA BRASIL EBC

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Ezequiel Ferreira encampa frentes para combater efeitos da estiagem no RN


O mais recente diagnóstico da Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn), segundo o qual o Rio Grande do Norte, vai atravessar mais um ano de seca, o sexto seguido, reforçou a ideia de que, se não há ação da natureza, então depende do homem, amenizar os efeitos da estiagem. 

Ação que pode ser feita com sucesso, desde que haja planejamento e coordenação. Com esse entendimento, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), tem atuado numa força tarefa que envolve diversos agentes públicos para que o homem sertanejo e a população urbana do interior do Estado tenham os efeitos da estiagem amenizados. "Buscar e ajudar nessas soluções é nossa obrigação. O problema da seca é sério e afeta diretamente milhões de norte-rio-grandenses. Por isso, pedimos atenção especial aos gestores em busca de soluções para a população, porque os pleitos, ao fim, não são daquele gestor, mas das pessoas atingidas por tão severa estiagem", declarou o presidente da Assembleia Legislativa, que também preside o Comitê de Ações de Combate à Seca.

O mais recente exemplo dessa coordenação em busca de resultados contra a seca foi uma reunião na Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), da qual participaram representantes de 12 cidades, entre prefeitos, vices e vereadores. Com 153 dos 167 municípios em estado de emergência e prejuízos de R$ 4 bilhões, a seca tem impelido cada vez mais comum que prefeitos peçam ajuda a lideranças como Ezequiel Ferreira de Souza em busca de soluções.

As demandas intermediadas pelo presidente da Assembleia Legislativa não ficam apenas limitadas ao encontro onde são debatidas. No caso da reunião entre dirigentes municipais na Caern, a companhia designou equipe para avaliar os pleitos das 12 cidades, de diversas regiões e que têm população de 128 mil pessoas juntas. Os pedidos variam desde a recomposição de redes de abastecimento até a renegociação de débitos dos municípios com a companhia. Preliminarmente, o presidente da Caern, Marcelo Toscano, antecipou a maioria dos pleitos dessas cidades intermediados por Ezequiel Ferreira serão atendidos. "Agradecemos a disposição do deputado Ezequiel Ferreira em colaborar", registrou a prefeita de Tenente Laurentino, Sueleide de Morais, uma das cidades que terá a reativação de poços. A ela se somou a prefeita de Serra de São Bento, Wanessa Gomes de Morais: "Quanto mais apoio tivermos, melhor para a população de nossa cidade", agradeceu. 

O empenho que o presidente da Assembleia Legislativa do Estado tem demonstrado no combate aos efeitos da estiagem é tão duradouro quanto a própria seca que afeta o Rio Grande do Norte. Caminhões-pipa para abastecer o interior Preocupado com a situação crítica do abastecimento de água no interior, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) encaminhou requerimento ao Governador Robinson Faria (PSD) e à secretária do Gabinete Civil do Governo, Tatiana Mendes Cunha solicitando a implementação da Operação Vertente II para cidades em situação crítica de abastecimento de água potável. A operação faz o abastecimento com a utilização de caminhões-pipa. “Com o objetivo de abastecer com água potável as idades que estavam em situação de colapso, o Governo lançou em setembro do ano passado a Operação Vertente que por meio de caminhões-pipa, cerca de 110 mil pessoas do Oeste e Seridó já foram beneficiadas. Agora o Governo está em fase de implantação da Operação Vertente II, que deve abastecer, inicialmente, 19 cidades, alcançando cerca de 90 mil pessoas”, justificou o deputado Ezequiel. 

O parlamentar solicitou o benefício para as cidades, Angicos, Barcelona, Bom Jesus, Coronel Ezequiel, Currais Novos, Cruzeta, Espírito Santo, Lagoa Nova, Lajes, Macau, Nova Cruz, Pedro Velho, Poço Branco, Serra de São Bento, Serra Negra do Norte, Tenente Laurentino Cruz e Ouro Branco. Os caminhões dessa Operação contam com sistema de georreferenciamento e têm os seus percursos monitorados, desde os mananciais de captação de água até sua entrega aos moradores, direto do Centro Administrativo em Natal. 

“O governo do Estado recebeu autorização da nova parcela de recursos do governo federal, no valor de R$ 9,4 milhões para a nova fase da Operação. O montante autorizado pelo Ministério da Integração corresponde à segunda parcela do auxílio emergencial assegurado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Social. O total de recursos federais destinado à Operação Vertente soma R$12,7 milhões”, reforça o deputado Ezequiel. 

Histórico O histórico de lutas registra várias parcerias. Com a Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern), em abril deste ano, a Assembleia Legislativa firmou parceria para apresentação de um pacote de iniciativas tecnológicas para o trabalhador rural, beneficiando pequenos produtores. No ano passado, esses mesmos produtores puderam respirar mais aliviados quando puderam renegociar suas dívidas rurais.

A medida foi autorizada pelo Senado Federal em medida provisória. No Rio Grande do Norte, o presidente do Poder Legislativo já tinha capitaneado junto aos senadores potiguares uma intervenção no sentido do benefício alcançado. Para além do Rio Grande do Norte, Ezequiel foi ao Ceará e Pernambuco se articular com esses estados por pleitos mais regionalizados de combate a seca. A união foi uma consequência do alcance que o Comitê de Ações de Combate à Seca conseguiu. O grupo especial foi criado em 2015 e agora se depara com os desafios da transposição do rio São Francisco.

Vacina contra Febre aftosa já está disponível na Secretaria de Agricultura


A prefeitura Municipal de Bom Jesus, através da Secretaria de Agricultura e da Emater, irá disponibilizar a vacina, partir desta segunda (22), das 7h às 13h, para o produtor rural que tenha até 20 animais, sejam eles bovinos ou bubalinos.


De acordo com a Secretaria da Agricultura, a imunização é obrigatória e segue o calendário oficial estipulado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Os interessados em receber as vacinas, precisam levar para a Secretaria de Agricultura um isopor com gelo. Todo criador de animal precisa adquirir a vacina e se informar sobre prazo pra fazer a declaração, que este ano se encerra no dia 7 de junho.

CONSERVAÇÃO

NUNCA guarde a vacina no congelador – vacina não é picolé. A temperatura deve estar entre 2º e 8ºC, o que corresponde à prateleira de sua geladeira logo abaixo do congelador.

EVITE abrir a geladeira com frequência. Se a vacina sair da temperatura indicada, ele perde totalmente a capacidade de imunizar.

Milena Balza representante de São Gonçalo do Amarante foi eleita Miss RN 2017.


A representante de São Gonçalo do Amarante, Milena Balza, 22 anos, estudante do curso de publicidade, foi eleita a mulher mais bonita do Rio Grande do Norte no concurso Miss RN 2017 realizado no Teatro Riachuelo, em Natal na noite desta terça-feira (24), com apresentação jornalista Cristiano Felix com participação das misses Kelly Fonseca, Deyse Benício e Manoela Alves. A cantora Camila Masiso participou do show de beleza e emoção.

Top 5

Milena Balza venceu vinte e quatro concorrentes e vai representar o Estado no Miss Brasil em São Paulo no próximo no dia 19 de agosto.

Em segundo lugar ficou a candidata de Mossoró, Beatriz Brito e com a terceira colocação Isabella Cecchi de Canguaretama.

 A candidata de Guamaré, Brenda Marinho, foi eleita Miss Be Emotion 2017.

Miss Universo Martha Vasconcelos – Milena Balza – Jornalista Roberto Macedo.





1º LUGAR: A representante de São Gonçalo do Amarante, Milena Balza, 22 anos,

2º LUGAR: Beatriz Brito representante de Mossoró

3º LUGAR: Isabella Cecchi representante de Canguaretama.





Fonte: Elias Medeiros Jornalista

O município de Bom Jesus se reúne para implantar Regime Próprio de Previdência Social


O município de Bom Jesus se prepara para implantar o seu Regime Próprio de Previdência Social – RPPS. Esta é mais uma ação da Prefeitura Municipal de Bom Jesus, na gestão do prefeito Clécio Azevedo, por meio da Secretaria de Administração.

De acordo com o secretário da pasta, Carpegiane Alves, já houve outro momento para apresentar de forma ampla o projeto, e esta segunda a reunião tratou de forma direcionada aos funcionários, que poderam tirar suas dúvidas, argumentar e dar sugestões.

A Reunião aconteceu na manhã desta terça-feira,23, às 9h, no prédio do PET, e a secretaria conta com a presença dos funcionários efetivos do município. “Este é um assunto de suma importância para o quadro funcional da prefeitura e representa um novo momento para o município, pois a implantação do RPPS, gera um equilíbrio nas contas públicas e a garantia de uma aposentadoria mais justa para todos ”, reforça o secretário Carpegiane Alves.

A criação do RPPS, além de capitalizar o superávit corrente, o município ainda poderá utilizar a economia de até 50%, que deixa para contribuir ao Registro Geral de Previdência Social – RGPS. Com essa economia, sobra mais verba para investir em áreas sociais, fomentando o desenvolvimento socioeconômico de Bom Jesus.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Miss Rio Grande do Norte 2017 será eleita nesta Terça(23); Conheça as 25 Candidatas.


Nesta terça-feira, 23, será realizado no Teatro Riachuelo, em Natal o concurso para escolher a nova Miss RN 2017 que é um evento exclusivo do Grupo Bandeirantes e é coordenado pela B Emotion e Contará com a apresentação dos jornalistas Juliana Celli e Grigo Felix, a cantora Nanda Lynn participará do show de beleza e emoção.



São 25 candidatas disputando o concurso Miss RN 2017 que estarão na passarela nesta terça
Confira as 25 candidatas sob as lentes do fotógrafo Elias Medeiros.